Música

Efeito Fade

13 julho 2018

Resenha #51 - A Garota do Calendário: Maio

Título do Livro: A Garota do Calendário - Maio (May - Calendar Girl)
Autora: Audrey Carlan
Série: A Garota do Calendário #5
Editora: Verus
Páginas: 144
Sinopse: 
O quinto volume editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas. Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites - e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.
Olá literários e pessoas apaixonadas por livros em geral!!!
Tudo bem com vocês??

Bem, eu estou bem atrasada em relação aos livros de "A Garota do Calendário", mas isso se dar tanto por causa da minha vida pessoal quanto porque realmente eu fiquei desanimada em relação a série nos últimos dois meses dela. Eu já estava super consciente que isso poderia acontecer, pois muitas pessoas abandonaram a série em algum determinado momento mas eu sou muito persistente então cá estamos.

"Não era a primeira vez que um cliente - ou eu deveria dizer 'amigo'? - ficava chateado com meu estilo de despedida."

A Garota do Calendário: Maio (May: Calendar Girl) é o quinto livro da série que é amado ou odiado por muitos intitulado de "A Garota do Calendário", escrito pela autora Audrey Carlan e lançado aqui no Brasil pela Editora Verus. O livro continua a trazer para gente a jornada de Mia Saunders em seus doze meses como acompanhante de um homem diferente a cada mês e seu crescimento durante essa jornada.

"Trabalho era trabalho, e, enquanto viesse acompanhado de um cheque bem alto, eu estava dentro."

Nesse mês de Maio, Mia estará no Havaí para ser modelo de uma campanha de praia de seu cliente Angel D'Amico e sua esposa Rosa. Porém, assim que a mesma chega ela já é atraída por uma beleza do lugar.

"Tatuagens tribais pretas. Músculos definidos, de babar, envoltos por um padrão de design intrincado, em desenhos que se espalhavam na pele bronzeada. Iam do alto do ombro esquerdo, descendo pelo bíceps forte, passavam pelas costelas e pela cintura e mergulhavam no sarongue que cobria sua essência masculina e muito mais. As faixas pretas de tinta envolviam sua coxa - grossa como um tronco de árvore -, desciam ao longo da panturrilha forte e esculpida e paravam abruptamente no tornozelo. Eu mal podia sentir a areia queimar a sola dos pés enquanto permanecia ali parada, maravilhada com a criatura magnífica diante de mim."

Tai Niko é modelo e instrutor de surfe, segundo a própria Mia ele é um sexy samoano e será seu companheiro de trabalho nesse mês. Ele é um cara bastante ligado a família, por isso suas tatuagens tem toda uma ligação familiar e ele não pensa em deixar o Havaí. Além disso, Tai está atrás de seu "felizes para sempre" com uma garota que não pertence a sua cultura e provavelmente é uma haole.

"- Você é radiante. Vou gostar de trabalhar em você - ele disse, mas seu olhar transmitia muito mais que 'trabalhar comigo'. Espere... o quê?
- Você quer dizer trabalhar comigo? - corrigi, sem poder acreditar." 

Nesse quinto livro da série vamos ter uma Mia mais família, que começa a seguir seu caminho e que tem uma pegada muito mais madura do que vemos nos livros anteriores. Aqui temos a Mia: irmã, mãe, amiga e uma mulher que está se alto descobrindo ao meio de toda essa jornada.

"Eu precisava descobrir o que era importante para mim. Como seria isso? O que eu faria por mim quando esse ano acabasse? Era como se eu fizesse as mesmas perguntas que os adultos fazem para as crianças: O que você quer ser quando crescer?"

Eu acho que se não tivesse dito essa amadurecida na personagem nesse livro, eu provavelmente estaria pensando em não continuar a série. Mas aqui, claro, além de ter a pegada hot que os livros vem trazendo tem uma pegada um pouco cômica que você vai lendo, achando gostoso e rindo um bocado já que temos a presença de duas personagens que só estavam sendo citadas mas que não se tinha contato com elas tanto que é: a melhor amiga da Mia, a Gin e a irmã dela a Maddy.

"Ginelle abriu a porta e seu corpo pequeno e curvilíneo disparou na minha direção. Então ela pulou em cima de mim, e nós duas caímos na grama.
- Sua vaca filha da puta! Não posso acreditar que você está vivendo no paraíso sem mim! Agora estou aqui, cadela."

Os livros de "A Garota do Calendário" são muito curtos e não se dar para falar muito deles sem temer dar spoilers sobre o que acontece no enredo. Apesar desse mês ter sido um incentivo para eu continuar a série, ele está na média de um livro bom e eu estou começando a concordar com muita gente que não precisava ter 12 meses com uma mesma personagem. No entanto, me digam quem conseguiu ler a série o que achou desse mês?? E eu continuo aqui caminhando sem muitas expectativas para o próximo mês.

"Durante o meu tempo aqui, aprendi o que a vida nos dá. Apenas 'deixar acontecer'."

RESENHAS ANTERIORES DE "A GAROTA DO CALENDÁRIO"


5 comentários :

  1. Gostei muito da sua resenha, pois me esclareceu sobre a história dessa série. Eu só lia os títulos, mas nunca me interessei em saber mais. Só uma dúvida: a coleção é formada por uma única história que vai sendo distribuída ao longo dos meses, com os mesmos personagens ou são histórias distintas?

    Gustavo
    http://www.leituraenigmatica.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Eu gostei desse livro, mas não é nada demais, sabe? É um livro legal e só, hahah.
    Espero que siga firme na série!!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente essa n/ao é uma série que me chama atenção, primeiro pela quantidade de livros, acho desnecessários, depois pela protagonista, não vou muito com essa Mia, mesmo que ela tenha amadurecido neste livro. Essa série eu passo a dica.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu nunca li nenhum dos livros desta série, e sinceramente não tenho vontade nenhuma. Eu sei que tem muita gente que curte, e eu respeito isso, mas acho uma série bem ' enche linguiça ' , sem mencionar que na maioria dos livros são com a menina se submetendo a algum homem estúpido. Obrigada pela resenha, mas passo a dica.

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  5. Li todos os livros dessa série e eu até gostava dela ainda no livro de maio!! Rs...
    Confesso que odiei os livros finais, mas os primeiros foram ber interessantes!
    Meu conselho é esquecer qualquer expectativa!! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir