Música

Efeito Fade

19 janeiro 2018

Resenha #37 - O Saotur

Título do Livro: O Saotur
Autora: Natalia Smirnova Moraes
Coleção: Segredos de Um Reino Sem Nome #1
Páginas: 230
Skoob | Amazon Clube de Autores
Sinopse:

Se o bater das asas de uma borboleta pode causar uma tempestade do outro lado do mundo, poderia então uma pérola afetar o destino de uma raça inteira?


Depois de se aventurar pelo mundo em um navio de saqueadores e criminosos, Constatin Teller é levado por um trágico naufrágio à terras das quais o mundo nunca ouviu falar. Terras guardadas por escudos de Menelau como se fossem o maior dos segredos. O forasteiro é resgatado por Lyhty Morken Fin, uma jovem que chama a atenção pelo olhar de cor púrpura e vitalidade contagiante, e que torna-se uma amiga para a qual ele confessa uma vida de crimes e promiscuidade. Aspirante a escritor, Constatin deseja espiar seus crimes quando é levado até a capital onde passa a morar. Mas nem tudo está em paz nessas terras estranhas e a aparição do forasteiro apenas esquenta ainda mais os ânimos de um povo dividido, de uma raça oprimida e de um castelo envolto em mistérios. Um confronto entre o povo das águas e o reino já é inevitável.

Aventuras, segredos, traições, orgulho e amores proibidos são apenas algumas das facetas de um lugar cuja a existência foi oculta por séculos. Histórias envolventes que vão mudar o rumo de muitas vidas, criaturas majestosas e revelações chocantes ilustram os capítulos deste livro.
“Ela é como o oceano – ele pensou – como as águas misteriosas contendo em si correntes poderosas, berços calmos e as mais avassaladoras tempestades.” 

Imagine estar em uma viagem, em seu velho e conhecido lar: um navio. Com uma tripulação que lhe acompanha desde pequeno... Mas de repente em águas desconhecidas, supostamente o navio é atacado. Seus companheiros de tantos anos são destroçados aos pedaços no mar e só suas cabeças sobrevivem. Você provavelmente é o único sobrevivente, que acorda em uma praia onde falam idiomas desconhecidos. O terror ainda está estampado em sua retina.

Isso é o que acontece com o jovem Constantin. Com a tragédia ainda a flor da pele, e o medo exalando dele, é socorrido em uma praia por uma bela moça que o ajuda a se recuperar. Uma terra desconhecida e deslumbrante. Uma ilha que provavelmente não está no mapa.

Este belo e inesperado lugar, é a terra natal de Lythy, a moça que lhe salvou. Uma terra que esconde segredos até dos nativos. Com suas criaturas distintas, uma guerra iminente, mas só conhecida pelos grandes poderes. Ele se vê no meio de tudo isso... mas o mais importante, é que ele pode recomeçar, ter uma nova vida.

O Saotur é uma fantasia nacional maravilhosa. Cheia de aventuras e segredos que te levam para dentro deste novo mundo, e te fazem devorar as páginas como um saotur devora suas vítimas. Você desvenda esse novo mundo, seus costumes e seus segredos. Com personagens cativantes e uma narrativa envolvente você não sente as horas passar, e não quer que o livro acabe.

Eu AMEI essa história. Bem escrita, bem ambientada (os cenários descritos são completamente maravilhosos) me deixou de queixo caído por diversas vezes. Eu devorei o livro o mais rápido que pude, e querendo ao máximo que o livro se esticasse por mais muitas páginas. 

As lágrimas foram companheiras constantes nessa leitura. Cada personagem me conquistou ou me assustou. Cada um me deixou algo que irei carregar por um bom tempo. E uma pérola, nunca mais será uma mera pérola para mim. 

Uma das marcas dos personagens são os traços humanos dos mesmos. Mesmo sendo uma fantasia, nenhum deles é um herói utópico. Todos têm seus medos, anseios e qualidades. Te fazendo envolver em cada momento com eles, e se apaixonar cada vez mais. 

Quero um Lótus para minha vida, pra ontem. 

Em parte estou muito chateada com a autora (resenhei assim que terminei a leitura) EU NÃO MERECIA LER AQUELE FINAL. E espero do fundo do coração que no segundo livro venha esperança para reverter o que aconteceu. E pelo Saphere, meu anjo que eu queria tanto proteger... 

Gostaria de deixar claro aqui que a nota merecida no Skoob é um belo 5. Mas dei 4,5 pelo final porque ainda estou com o coração em franganlhos. 

Senhorita Natalia, sua linda, se quiser lançar o segundo já pode viu? Ou dar qualquer réstia de esperança para esse coração dolorido.

19 comentários :

  1. Ah! Muito obrigada por essa linda resenha. Amei, amei, amei! O segundo está quase ;) Tem muita coisa chegando.

    ResponderExcluir
  2. Gente... quero saber desse final!!! hahahaha
    Parece uma ótima leitura, já aumentou minha pequena interminável listinha!!

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii,
    Olha adoro fantasia e sendo nacional já fico animada. Acho que a literatura nacional tem que explorar mais gêneros e sinto muita falta disso.
    Ai meu Deus o final te deixou tão balançada assim foi, já imagino que se eu ler vou ficar no mesmo estado. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Hahahah fico só imaginando que final foi esse que te deixou tão revoltada assim. Eu não conhecia essa capa mas achei a sinopse bastante interessante e com certamente a dica tá anotada!

    ResponderExcluir
  5. Confesso que o título e a capa não me chamam atenção para leitura, mas o enredo apresentado na resenha parece ser dos bons, do jeito que eu gosto. Ainda mais sabendo que foi as lágrimas com uma fantasia, quero ler, pra descobrir o que se passa. E espero que a continuação venha logo, para curar seu coração.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, realmente esta leitura te emocionou e gosto de leituras assim que possam deixar marcas mesmo, conheci agora este livro e é novidade para mim.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Essa deve ter sido uma boa experiência já que sua resenha está bem convidativa.
    Legal ver autores nacionais nos impressionando com enredos bem desenvolvidos e nos fazendo ansiar por mais.
    Apesar de não ser meu gênero preferido gostei da proposta.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  8. Jura que você diminuiu a nota no skoob porque o final te fez sofrer???? Gente, agora que quero ler mesmo!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Owwww! Parece ser um livro bem instigante e interessante, a premissa me chamou atenção qui. Dica anotada! E, pelo que você mencionou do final, fiquei ainda mais curiosa. Tenho dificuldades de encontrar boas fantasias nacionais, por isso curti a apresentação que você fez do livro. Dica anotadíssima, mesmo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Não conhecia esta obra, mas percebi também que ela não se encaixa dentro dos meus gostos literários, principalmente por envolver o mar nisso tudo, rs. Infelizmente histórias que envolvem esse elemento, além de piratas, não conseguem me prender.


    Beijos
    @blogodiariodoleitor

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro, mas pela resenha a gente vê que é bom e bem emocionante. Eu achei que a autora foi muuuito criativa também para escrever essa fantasia. Dia anotada e espero poder lê-lo.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro e não faz meu genero maaaaaaas sua resenha falou tao bem do livro que me deixou curiosa e vai que se eu der uma chance não acabo gostando como vc né... nossa literatura nacional tem umas pedras precisas.

    Bruna
    http://www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  13. Oi

    É muito bom quando um livro nos proporciona todas essas emoções. Eu anda não conhecia o livro, mas depois dessa resenha eu quero muito conhece. Só o fato de você ter se emocionado, chorado e estar pedidndo pelo segundo livro, me diz que a leitura é maravilhosa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi.
    Não conhecia o livro ou a autora, mas amo o gênero e amei a proposta do enredo. Adorei o fato de a ambientação ser bem feita e de você ter ficado tão empolgada, só fiquei com um pouco de receio desse final.
    Adorei e anotei a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia o livro, mas gostei da capa e embora não leia muitos livros de aventura, achei a proposta interessante. Fiquei curiosa para saber sobre esse final que te deixou tão indignada. Dica anotada.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, não conhecia o livro, mas a história parece ser bem lega, você gostou muito. Raramente leio livros nacionais, e acho que esse seria uma boa fantasia pra ser o primeiro nacional do ano. Eu espero gostar tanto quanto você! E, assim que lê-lo, vlto aqui pra dar minha opinião. O que mais gostei de saber foi que os personagens são reais a otima ambientação!

    ResponderExcluir
  17. Oi,
    que premissa singular, hein? Eu nunca li nada nem parecido. Fiquei bem curiosa pelos rumos que a história tomou e o fato de você ter gostado tanto e ter feito elogios tão consistentes me levou a querer dar uma chance a história, espero ter a oportunidade de conhecê-la de perto em algum momento.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  18. Olá ♥
    Não conhecia o livro, mas achei a premissa um tanto instigante ainda mais para quem curte o gênero. É tão bom quando o livro nos agradaque vamos devorando sem ao menos ter a ciência que o tempo está passando. Acho que o final desse livro é daqueles né? A ponto de você ter diminuído a nota no skoob. Adorei sua resenha, espero a resenha do segundo, beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi Isa
    Não conhecia o livro, mas só pela sua empolgação já fiquei super curiosa para ler. Gostei da premissa da história e fiquei bastante interessada em conhecer esse novo mundo criado pela autora. Muito boa a resenha!

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir